BRASIL

Homem é alvejado a tiros após atear fogo em carro e tentar atacar PM com uma faca; veja o vídeo

Publicado em

Na noite de segunda-feira (8), por volta das 23h20, um homem de 34 anos morreu após um confronto com a Polícia Militar na Zona Industrial Norte de Joinville, em Santa Catarina. O incidente ocorreu após o homem atear fogo em um automóvel e fugir do local.

De acordo com a PM, o homem foi localizado nas proximidades do veículo incendiado. Ele tentou se esconder atrás de um poste, com a mão na cintura, ignorando as ordens dos policiais para que colocasse as mãos na cabeça. O indivíduo então começou a correr, sempre mantendo a mão na cintura.

Durante a fuga, o homem virou-se para os policiais e sacou um objeto que parecia ser uma faca. Em estado de desespero, ele tentou ferir a si mesmo repetidamente. A guarnição insistiu para que largasse a arma, mas sem sucesso.

Mesmo com o uso de munição de elastômero, um tipo de projétil menos letal, o homem continuou a ameaçar os policiais, correndo em direção a eles. Diante da ameaça iminente à integridade física dos agentes, foi necessário agir de forma letal. O homem foi alvejado e, infelizmente, não resistiu aos ferimentos.

Leia Também:  Advogada desaparece em Petrópolis, família paga resgate milionário e se choca com reviravolta descoberta pela polícia

Segundo relatos de familiares, o homem estava desaparecido desde a sexta-feira anterior e fazia uso de entorpecentes. Esse histórico pode ter contribuído para seu comportamento errático e perigoso na noite do incidente.

O caso trágico ressalta os riscos que os policiais enfrentam ao lidar com indivíduos armados e em estado de descontrole emocional. Em situações onde a comunicação e métodos não letais falham, os agentes da lei são obrigados a tomar decisões rápidas para proteger a si mesmos e a comunidade.

COMENTE ABAIXO:
Anúncio

Lucas do Rio Verde

MAIS LIDAS DA SEMANA