Search
Close this search box.

Esportes

Corinthians sofre quarta derrota consecutiva no Paulistão e corre risco de rebaixamento

Publicado em

Em um confronto disputado na manhã deste domingo (4) na Neo Química Arena, o Corinthians enfrentou o Grêmio Novorizontino pelo Campeonato Paulista e foi derrotado por 3 a 1. Com mais esse revés, a equipe comandada por Mano Menezes acumulou a sua quarta derrota consecutiva na competição, aumentando a preocupação quanto ao risco de rebaixamento.

A partida marcou a estreia do atacante Pedro Raul com a camisa alvinegra, mas, infelizmente para o Timão, não foi o resultado esperado. Com essa derrota, o Corinthians se encontra na lanterna do grupo C do Paulistão, com apenas três pontos conquistados. Na classificação geral, a equipe ocupa a 13ª colocação, à frente de Portuguesa, Ituano e Santo André, todos com um jogo a menos. Os dois últimos colocados na competição são rebaixados para a Série A-2.

Por outro lado, o Grêmio Novorizontino conquistou sua segunda vitória consecutiva e subiu para a segunda colocação do grupo D, somando nove pontos.

O próximo desafio do Corinthians no Paulistão será o clássico contra o Santos, que acontecerá na quarta-feira (7) na Vila Belmiro, às 19h30 (horário de Brasília). Já o Grêmio Novorizontino enfrentará o Red Bull Bragantino, em casa, às 21h, também na quarta-feira.

No jogo contra o Novorizontino, o Corinthians começou com o controle da posse de bola, mas teve dificuldades para penetrar na defesa adversária. A primeira grande chance de gol surgiu aos 23 minutos, com Pedro Raul ficando frente a frente com o goleiro Jordi, mas finalizando para fora. A equipe alvinegra voltou a assustar aos 30 minutos, com um chute de Matheus Araújo que passou raspando a trave do Novorizontino.

Leia Também:  Grêmio vence no Mané Garrincha e avança na Copa do Brasil

No entanto, quando tudo parecia caminhar para um primeiro tempo sem gols, o Grêmio Novorizontino abriu o placar nos acréscimos, com um gol do atacante Jenison. O centroavante recebeu um cruzamento de Willean Lepu e, completamente desmarcado, cabeceou para as redes defendidas por Cássio.

Na segunda etapa, os visitantes ampliaram a vantagem logo no início, novamente com Jenison. Em uma jogada de recuperação de bola no campo de ataque, o atacante teve apenas o trabalho de empurrar a bola para o gol. A partir desse momento, os jogadores corintianos sentiram o golpe e não conseguiram reagir, mesmo com o apoio da torcida.

Aos 13 minutos, Jenison marcou mais um gol, completando um hat-trick para o Novorizontino. O lance nasceu pelo lado direito do ataque do time visitante e mais uma vez o centroavante finalizou sem marcação.

Advertisement

O Corinthians conseguiu descontar somente aos 26 minutos, com um gol de Yuri Alberto. Após um chute de Wesley de fora da área que acertou a trave, Romero aproveitou o rebote de cabeça e permitiu que o camisa 9 empurrasse a bola para o fundo das redes.

Leia Também:  Desde 1989, o Flamengo é o 1º time a chegar na semi da Copa do Brasil sem ser vazado

Apesar do esforço e uma pequena pressão nos minutos finais, o Corinthians não conseguiu buscar a reação necessária para evitar a quarta derrota consecutiva na competição. Agora, a equipe precisará se reorganizar e buscar uma recuperação rápida para evitar possíveis consequências negativas no restante do Campeonato Paulista.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 1 X 3 Grêmio Novorizontino

Local: Neo Química Arena
Horário: às 11h (de Brasília)
Árbitro: Matheus Delgado Candançan
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Rafael Tadeu Alves de Souza
VAR: Daiane Muniz dos Santos
Público: 39.603 pessoas
Renda: R$ 2.343.488,00

Gols: Jenison, aos 47 do 1ºT, aos 3 e aos 13 do 2ºT (Novorizontino); Yuri Alberto, aos 26 do 2ºT
Cartões amarelos: Raniele e Léo Mana (Corinthians); Rômulo e Willian Farias (Novorizontino)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Léo Mana), Félix Torres, Raul Gustavo e Hugo; Maycon, Raniele (Fausto) e Matheus Araújo (Matías Rojas); Romero, Gustavo Silva (Yuri Alberto) e Pedro Raul (Wesley).Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO NOVORIZONTINO: Jordi; Luisão, Renato Silveira e Chico; Willean Lepu (Raul Prata), Marlon (Waguininho), Willian Farias e Danilo Barcelos (Reverson); Rômulo, Isack Pelé (Geovane) e Jenison (Neto Pessoa)
Técnico: Eduardo Baptista

Fonte: Esportes

Advertisement

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Esportes

Pai de Endrick é alvo de ataques racistas em jogo da seleção no Pré-Olímpico

Published

on

O pai do atacante Endrick foi alvo de ataques racistas durante e depois da vitória da seleção brasileira sobre a Venezuela, na noite desta quinta-feira, no Torneio Pré-Olímpico. Torcedores da seleção venezuelana, que jogou em casa, fizeram gestos de “macaco” em direção a Douglas Ramos, pai do atleta do Palmeiras.

 

O próprio Endrick publicou o vídeo em que mostra os gestos ofensivos em suas redes sociais. Depois, o jogador da seleção acabou apagando a mídia. O jogador não chegou a se pronunciar sobre o assunto após a partida em entrevistas ou novas postagens.

 

Em comunicado, a CBF repudiou o ato de racismo e disse que se solidarizou com o pai do jogador no Estádio Brígido Iriarte, em Caracas, na Venezuela, país que sedia o Pré-Olímpico.

 

“As manifestações de criminosos com camisas da seleção adversária eram dirigidas notadamente ao pai de Endrick, Douglas Ramos. Eles faziam gestos imitando macacos. Tão logo informado sobre o episódio, o chefe da delegação da seleção brasileira na Venezuela, Daniel Vasconcelos, em nome do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, se solidarizou com o atleta e seus familiares”, registrou a entidade.

Leia Também:  Fortaleza surpreende e vence São Paulo por 2 a 1 no Morumbi pelo Brasileirão

 

A seleção brasileira venceu a Venezuela por 2 a 1, no sufoco, e manteve suas chances de se classificar para a Olimpíada de Paris-2024. Para obter a vaga, o time pode até empatar na última rodada do quadrangular final, contra a Argentina, no domingo, dependendo do outro jogo desta fase, entre Paraguai e Venezuela.

Advertisement

 

Uma vitória assegura a classificação olímpica da seleção brasileira, sem depender de nenhum outro resultado. O Paraguai lidera o quadrangular, com quatro pontos, seguido pelo Brasil (três), Argentina (dois) e pela Venezuela (um). Todas as quatro seleções ainda têm chances de classificação – somente duas vão disputar os Jogos Olímpicos deste ano.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

LUCAS DO RIO VERDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA