Search
Close this search box.

MATO GROSSO

MT Hemocentro intensifica coletas de sangue e entrega camiseta e calendário a doadores

Publicado em

O MT Hemocentro intensificou as ações de coleta entre esta segunda e sexta-feira (05 e 09.02), com o objetivo de repor e manter o estoque do único banco de sangue público de Mato Grosso, durante o período de Carnaval.

Conforme a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, o doador desta semana receberá um calendário de 2024 e uma camiseta do banco do sangue.

“As unidades de saúde precisam de sangue durante o período festivo do Carnaval e somos responsáveis por dar suporte a esses hospitais públicos. Contamos com a solidariedade dos voluntários para a manutenção dos nossos estoques e no alcance do nosso objetivo, que é salvar vidas”, disse a gestora.

As doações podem ser agendadas aqui ou pelos telefones (65) 3623-0044 (ramal 221 e 222) e WhatsApp (65) 98433-0624.

Outras ações

O MT Hemocentro segue com diversas ações de coleta de sangue durante o mês de fevereiro. Entre elas está a campanha ‘Pintor Sangue Bom’, que também ocorre entre esta segunda e sexta-feira, na sede do banco de sangue. A proposta da ação é mobilizar os pintores e pintoras para serem doadores voluntários de sangue. Os 150 primeiros profissionais que fizerem a doação ganharão uma camiseta da Associação Brasileira dos Pintores Profissionais, grupo organizador da campanha.

Leia Também:  Mauro Carvalho assume Senado e Fábio Garcia a Casa Civil

A unidade realiza de hoje (05.02) até o mês de março a campanha 7º Corrida Pela Vida. As primeiras mil pessoas que doarem sangue neste período ganham a inscrição para a corrida, além do kit com camiseta e número para participar da competição. A corrida de rua de 7 km ocorrerá no dia 9 de março de 2024.

Já a partir de quinta-feira (08.02), ocorre no banco de sangue uma campanha interna em parceria com o Colégio Master. A ação segue até o mês de março.

Além das campanhas internas, o MT Hemocentro realizará neste mês as coletas de rotina e itinerantes com as unidades móveis. Entre os dias 19 e 23, o caminhão do MT Hemocentro estará no município de Primavera do Leste, por meio do projeto Ir para Incluir, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

Anúncio

Neste mesmo período, de 19 a 23 de fevereiro, a carreta da unidade de saúde realizará a coleta dos voluntários de Tapurah. As ações do mês encerram entre os dias 26 de fevereiro a 1º de março, com a coleta itinerante no município de Pedra Preta.

Quem pode doar?

A doação de sangue no Brasil deve ser voluntária e gratuita. O sangue coletado beneficia pessoas internadas e em tratamento nas unidades e hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado.

Leia Também:  Governador: "Terminar esses seis grandes hospitais vai ser um avanço gigantesco na Saúde"

O Ministério da Saúde recomenda que o doador compareça à unidade portando um documento oficial com foto, tenha mais de 51 quilos, esteja em bom estado de saúde e tenha uma alimentação saudável, nunca indo doar em jejum. Os doadores precisam ter de 16 a 69 anos, 11 meses e 29 dias.

Homens podem fazer até quatro doações anuais, com prazo de dois meses entre cada uma. Já as mulheres podem fazer três doações por ano, com um espaço de três meses.

Em cada coleta é retirado um volume aproximado de até 450 ml de sangue. Recomendam-se, nas primeiras horas pós-doação, descanso, evitar atividade física e ingestão de bebida alcoólica.

Serviço

Para ser um doador de sangue, basta procurar a sede do MT Hemocentro, localizada na Rua 13 de junho, n° 1.055, Cuiabá, Centro Sul. O funcionamento da unidade ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h. As doações devem ser agendadas AQUI.

Fonte: Governo MT – MT

COMENTE ABAIXO:
Anúncio
Anúncio

MATO GROSSO

Família encontra carro usado por motorista de aplicativo desaparecido há três dias em MT

Publicados

sobre

A família do motorista do aplicativo Elizeu Rosa Coelho,que desapareceu após sair para trabalhar na quarta-feira (10), encontrou o carro que ele usava, em uma praça, no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, nessa sexta-feira (12).

A esposa da vítima, Rosana Ferreira Lara, contou que o marido fez o último contato com a família às 21h da quarta, e que o aplicativo de mensagens mostrou que a última vez que ele esteve online foi à meia-noite daquele dia.

Na sexta, ela saiu em busca do marido, junto com a filha e o genro. Com ajuda do rastreador do veículo, a família conseguiu localizar o carro, que era alugado por Elizeu, mas sem sinal dele, e com dois suspeitos dentro do automóvel.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi até o local, no entanto, os suspeitos fugiram ao perceberem a aproximação dos policiais. No veículo não foi encontrado nada ilícito.

Leia Também:  Governador: "Terminar esses seis grandes hospitais vai ser um avanço gigantesco na Saúde"

O carro foi entregue ao proprietário e Rosana registrou boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do marido. A família acredita que Elizeu seja vítima de sequestro e roubo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

LUCAS DO RIO VERDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA