Search
Close this search box.

SAFE CITY

PJC fecha cerco e prende 68 estupradores, homicidas e ladrões em MT

Publicado em

Dentre os alvos tem também traficantes, latrocidas e outros criminosos

A Polícia Civil de Mato Grosso concluiu nesta quinta-feira (4) a quarta fase da Operação Safe City com a prisão de 68 foragidos da justiça. Equipes da Gerência Estadual de Polinter e Capturas cumpriram os mandados judiciais em cidades do sul do estado. A Polinter fez um levantamento detalhado sobre foragidos da Justiça na região e as equipes da gerência localizaram os alvos em diversos bairros de Rondonópolis e outras cidades da região.

Oito policiais civis da Polinter realizaram diligências durante duas semanas para cumprir as ordens de prisões contra foragidos que respondem a processos por diversos crimes, entre eles estupro de vulnerável, homicídio, latrocínio, roubo, furto, embriaguez ao volante, tráfico e associação para o tráfico de drogas.

 

Os mandados de prisão foram cumpridos também na Penitenciária Regional Major Eldo de Sá Corrêa (Mata Grande).

PARTICIPE DE NOSSA COMUNIDADE NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO COM NOTÍCIAS, VAGAS DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA… – CLIQUE AQUI

Leia Também:  Batida entre duas motos mata mulher de 48 anos em MT

“A equipe da Polinter fez uma extensa pesquisa e reuniu os mandados identificados na região de Rondonópolis que estavam pendentes de cumprimento. Durante duas semanas, os investigadores e uma escrivã da unidade se dedicaram no levantamento/pesquisas e no cumprimento dos mandados de prisão dentro das unidades prisionais e também nas vias públicas da cidade de Rondonópolis. É a quarta fase dessa operação, salientando que a mesma será realizada em outras regiões de Mato Grosso, que objetiva reduzir o passivo de mandados em aberto”, explicou o delegado da Polinter, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, acrescentando que a operação também evita que presos com inúmeras passagens e mandados em aberto sejam colocados em liberdade.

Safe City

A primeira fase da operação foi realizada em março de 2021, em Sinop, quando a Polinter cumpriu 33 mandados, parte deles na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira. Em setembro do mesmo ano, a segunda fase cumpriu 118 mandados em Rondonópolis, sendo 83 deles contra presos na Penitenciária Regional da Mata Grande e outros 30 de foragidos que estavam nas ruas.

Anúncio

Na terceira fase, realizada em dezembro do ano passado, a Polinter identificou mandados contra presos que estavam preste a ganhar a liberdade, no final de 2022, mas que tinham ainda pendências com a Justiça.  Foram cumpridas 50 ordens de prisão em unidades prisionais de Mato Grosso.

Leia Também:  Secretários definem ações pelo desenvolvimento da Amazônia Legal que serão apresentadas aos governadores

COMENTE ABAIXO:
Anúncio

MATO GROSSO

Família encontra carro usado por motorista de aplicativo desaparecido há três dias em MT

Publicados

sobre

A família do motorista do aplicativo Elizeu Rosa Coelho,que desapareceu após sair para trabalhar na quarta-feira (10), encontrou o carro que ele usava, em uma praça, no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, nessa sexta-feira (12).

A esposa da vítima, Rosana Ferreira Lara, contou que o marido fez o último contato com a família às 21h da quarta, e que o aplicativo de mensagens mostrou que a última vez que ele esteve online foi à meia-noite daquele dia.

Na sexta, ela saiu em busca do marido, junto com a filha e o genro. Com ajuda do rastreador do veículo, a família conseguiu localizar o carro, que era alugado por Elizeu, mas sem sinal dele, e com dois suspeitos dentro do automóvel.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi até o local, no entanto, os suspeitos fugiram ao perceberem a aproximação dos policiais. No veículo não foi encontrado nada ilícito.

Leia Também:  Escola de Governo oferta 40 vagas para curso de Administração do Tempo

O carro foi entregue ao proprietário e Rosana registrou boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do marido. A família acredita que Elizeu seja vítima de sequestro e roubo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

LUCAS DO RIO VERDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA