Search
Close this search box.

MATO GROSSO

Politec identifica corpo de caminhoneiro que estava desaparecido desde fevereiro

Publicado em

Papiloscopistas da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmaram que um corpo encontrado em avançado estado de decomposição sob uma ponte no município de Pedra Preta no dia 08 de março é de um motorista de carreta que estava desaparecido desde o final de fevereiro, identificado como Antonio Marcos Alves, de 52 anos.

Segundo a Polícia Civil, a vítima saiu da cidade de Comodoro para transportar um carregamento de fertilizantes em Rondonópolis, sendo roubado em seguida.

Devido ao avançado estado de decomposição do corpo, este foi encaminhado para análise antropológica na capital para a identificação necropapiloscópica e investigação da causa da morte.

O trabalho foi feito em conjunto entre papiloscopistas de Rondonópolis e de Cuiabá. Conforme a papiloscopista Simone Delgado, as fases da coleta e confronto das impressões digitais foram desafiadoras, pois uma das falanges em que havia tecido estava muito frágil. “A troca de experiências com a papiloscopista policial Tatiana Ferreira do Instituto de Identificação de São Paulo foi essencial para o êxito na coleta com a recomendação de técnicas histológicas e adaptação de técnicas necropapiloscópicas para tecidos fragilizados”, afirmou.

Leia Também:  Caminhoneiro leva tiro no peito quando fazia programa com prostituta em posto de combustível

Na fase de confronto concluiu-se que as impressões digitais possuíam convergência morfológica em quantidade e qualidade suficiente para a conclusão da identidade. O corpo da vítima será liberado aos familiares após a conclusão da perícia antropológica.

Fonte: Governo MT – MT

COMENTE ABAIXO:
Anúncio

MATO GROSSO

Família encontra carro usado por motorista de aplicativo desaparecido há três dias em MT

Publicados

sobre

A família do motorista do aplicativo Elizeu Rosa Coelho,que desapareceu após sair para trabalhar na quarta-feira (10), encontrou o carro que ele usava, em uma praça, no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, nessa sexta-feira (12).

A esposa da vítima, Rosana Ferreira Lara, contou que o marido fez o último contato com a família às 21h da quarta, e que o aplicativo de mensagens mostrou que a última vez que ele esteve online foi à meia-noite daquele dia.

Na sexta, ela saiu em busca do marido, junto com a filha e o genro. Com ajuda do rastreador do veículo, a família conseguiu localizar o carro, que era alugado por Elizeu, mas sem sinal dele, e com dois suspeitos dentro do automóvel.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi até o local, no entanto, os suspeitos fugiram ao perceberem a aproximação dos policiais. No veículo não foi encontrado nada ilícito.

Leia Também:  O corpo do Dr. Aguinaldo Cesário será cremado e sepultado em Cuiabá

O carro foi entregue ao proprietário e Rosana registrou boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do marido. A família acredita que Elizeu seja vítima de sequestro e roubo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

LUCAS DO RIO VERDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA