Search
Close this search box.

Sorriso

Dentro de até 90 dias, Centro de Hemodiálise pode estar funcionando

Publicado em

Empresa que participou do certame cumpriu todos os requisitos até agora e deve, neste prazo, equipar o local com equipamentos e pessoal

O Instituto Nefrológico Ltda. foi a única empresa a participar da Concorrência Pública 012/2023, que tem como objeto a Concessão do Centro de Hemodiálise. Por meio do processo, realizado na manhã desta segunda-feira (05/02), as as empresas interessadas em explorar a operacionalização e o gerenciamento de serviços de Terapia Renal Substitutiva (TRS) pelos próximos 20 anos deveriam fazer o maior lance ou oferta para utilizar a estrutura física erguida pela Prefeitura para abrigar o Centro de Hemodiálise.

A empresa participante apresentou o lance de R$ 19.500 mensais, acima, portanto, do lance mínimo de 19.040,00 proposto no edital. A partir de agora, a empresa deve apresentar, em cinco dias, outros documentos necessários ao processo, como o registro ou inscrição dos profissionais nas entidades profissionais competentes, como no Conselho Regional de Enfermagem (Coren), e no Conselho Regional de Medicina (CRM); bem como o registro no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES).

Leia Também:  Programa Aprendiz Sorriso Legal abre inscrições para jovens d...

Com a apresentação dos documentos, explica o procurador jurídico do Município, Eslen Parron Mendes, aí é que é aberto o período para manifestações recursais. O procurador lembra ainda que já está previsto no edital o prazo de até 90 dias para que a empresa disponibilize em até 90 dias todos os equipamentos, materiais e pessoal necessário ao funcionamento do Centro de Hemodiálise.

O secretário-adjunto de Saúde e Saneamento (Semsas), Silvio Stolfo, que acompanhou todo o processo, destaca a importância do passo dado hoje. “Ofertar a terapia renal substitutiva em Sorriso certamente trará um ganho imenso na qualidade de vida de todos os pacientes que precisam deste recurso, evitando assim deslocamentos a outras cidades para o tratamento, além é, claro, de reforçar Sorriso também como polo de saúde para toda a região”.

Para o secretário de Administração, Estevam Calvo, a licitação de hoje é mais uma importante etapa de todo o trabalho que vem sendo desenvolvido por equipes de vários setores do Executivo Municipal. “Desde a elaboração do projeto, o cuidado para que o prédio fosse 100% adequado e preparado para a disponibilização deste serviço, a fiscalização da obra, reparos que se fizeram necessários na etapa de finalização, a preparação da documentação para a licitação, enfim, todo um conjunto de ações, elaboradas, conduzidas e colocadas em prática por vários servidores, de diversas pastas com o foco, lá na frente, de garantir o acesso à hemodiálise mais perto de casa para nossos munícipes”.

Leia Também:  Assinada ordem de serviço para escola municipal no Santa Maria

O prefeito Ari Lafin igualmente celebrou o processo. “Estamos muito satisfeitos pelo fato desta empresa ter participado do certame, e esperamos que, poder, em maio, disponibilizar este presente à nossa população no aniversário de 38 anos de Sorriso”, comentou o gestor, lembrando que este é um serviço de alta complexidade, e, portanto, não seria de direta responsabilidade do Município.

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

Advertisement

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Sorriso

Prefeito solicita que motoristas respeitem os limites de velocidade

Published

on

Veículos já são monitorados por telemetria e, na última licitação, também foram exigidas câmeras de videomonitoramento

Com o início do ano letivo na rede municipal, quem pegou o trânsito mais próximo das 7h nesta manhã já percebeu que o volume de veículos nas principais vias de Sorriso estava bem maior. Para garantir trânsito seguro em todos os períodos, o prefeito Ari Lafin reuniu, na manhã desta segunda-feira (05/02), os responsáveis pelo transporte coletivo do Município, tanto a frota da rede escolar, quanto a frota que faz a transporte de passageiros.

“Reforçamos aos nossos gestores do transporte coletivo a necessidade de constantemente orientar os motoristas a manterem a velocidade dos veículos dentro dos limites”, afirmou o prefeito Ari Lafin, destacando que o pedido também fora externado pelo vereador Rodrigo Machado.

A fiscalização da velocidade já é feita nos veículos do transporte coletivo de passageiros por meio da telemetria, que permite acompanhar, em tempo real, como os veículos estão sendo conduzidos. Para aprimorar ainda mais essa fiscalização, neste último processo licitatório para locação dos ônibus destinados ao transporte de passageiros, também foi exigido que os veículos possuam câmeras de videomonitoramento.

“Este processo já foi concluído e a nova frota, que deve entrar em circulação em breve, já conta com esta tecnologia”, adiantou Leandro Gehlen, responsável pelo transporte coletivo de passageiros.

Leia Também:  Assinada ordem de serviço para escola municipal no Santa Maria

Além dele, também participaram da reunião com o prefeito, o coordenador do transporte escolar, Gerson Cândido, assim como os secretários Hilton Polesello (Governo), José Carlos Moura e Emiliano Preima, respectivamente titular e adjunto da Secretaria Municipal de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil (Semsep).

Cabe reforçar que, pelo 150 – o Disque-Ouvidoria, é possível que a população emita sua opinião sobre os serviços ofertados pela Administração Municipal, entre eles, o transporte coletivo. Já para tirar dúvidas sobre o funcionamento do transporte coletivo, é só chamar no WhatsApp 99725 1531.

Como funciona

Atualmente, nove linhas são disponibilizadas com ônibus rodando de segunda a sexta-feira, das 5h às 20h30, e aos sábados, das 5h às 18h30, com o ponto de integração na Área Verde Central. Os veículos passam de hora em hora nos pontos. A tarifa é de R$ 3,70 e, de acordo com a Lei 32/2022, o passe livre é disponibilizado para idosos, Pessoa com Deficiência (PcD), servidores públicos municipais, policiais civis, militares, bombeiros e estudantes da rede pública municipal, estadual e federal ou privada de ensino.

Advertisement

Linhas

Linha 100: Área Verde para o Rota do Sol, passando pela UPA e pela Prefeitura.

Linha 200: Área Verde Central para o Bairro Santa Maria passando pelos bairros São José e Carolina (sentido horário).

Leia Também:  Polos culturais da Prefeitura passarão a contar com gelotecas

Linha 210: mesmo trajeto da linha 200, porém no sentido anti-horário.

Linha 300: Área Verde para o Residencial Mário Raiter, passando pelos bairros São Francisco, São Domingos, Vila Bela, retornando para a Área Verde e passando pela Prefeitura e pela UPA (sentido horário).

Linha 310: mesmo trajeto da linha 300, apenas inverte o sentido.

Linha 400:Área Verde para a BS Construtora (BR 163), passando pelo Delnorte, Marombi Alimentos, Havan, Atacadão, Rodoviária, retornando para a Área Verde.

Linha 500: Área Verde, Hospital 13 de Maio, Condomínios Cidade Jardim e Costa Brava, Bairro União, Unic, Prefeitura, Hospital Regional, Praça da Juventude, CCI, Área verde;

Linha 600: Sorriso ao Distrito de Primavera de segunda a sábado, saindo da Área verde às 5h e retornando do Distrito às 6h;

Às 12h30, sai da Área verde novamente para o Distrito de Primavera, com retorno para Sorriso às 14h;

Advertisement

Nas terças e sextas-feiras, a Linha 600 faz também faz o transporte para o Assentamento Jonas Pinheiro (Poranga), saindo da Área Verde para o Assentamento às 08h e às 15h.

Linha 700: Área Verde, Industrial 1° etapa, Nova Aliança, Novo Horizonte, Morada do Bosque, São Mateus, São Francisco, INSS, Hospital Regional, Prefeitura, CCTI.

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

LUCAS DO RIO VERDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA